Pensamento negativo é “contagioso”

Um estudo feito com jovens que vivem em repúblicas de estudantes revela que uma característica comumente relacionada à depressão…

a tendência a interpretar informações e situações de perspectiva negativa – pode ser contagiosa. Baseados em trabalhos que mostram que pessoas com determinados padrões de pensamento (como acreditar que não podem mudar situações ruins) são mais vulneráveis a desenvolver o transtorno, psicólogos da Universidade de Notre Dame, em Indiana, acompanharam 103 pares de universitários, escolhidos aleatoriamente, que dividiam um quarto durante seus primeiros meses na faculdade. Os calouros foram escolhidos porque o começo da vida universitária é um importante período de transição para a maioria das soas. “Marcada por muitas mudanças, essa fase é um bom ‘laboratório’ para observar a capacidade de adaptação”, diz um dos autores, Gerald Haeffel. Todos os jovens responderam, antes e depois do experimento, a um questionário on-line que avaliou sua habilidade de lidar com estresse e se tinham sintomas depressivos.

Os resultados revelaram que jovens que moravam com um colega com altos níveis de “vulnerabilidade cognitiva” (grosso modo, uma baixa capacidade de reagir positivamente ao estresse) “contraíram” a tendência de ver o mundo de uma perspectiva, diga-se, mais cinzenta. “Isso sugere que conviver com pessoas que têm padrões cognitivos mais ‘adaptativos’ pode, por outro lado, ajudar a combater a depressão”, diz Haeffel.

Fonte: www2.uol.com.br | http://bit.ly/29loOwU

Deixe uma resposta